QUE TAL INVESTIR EM LUXO?

Tempo de leitura: 2 minutos

Já imaginou uma casa com 500 m², com uma garagem que possa abrigar 18 carros, uma biblioteca, um frigobar, poltronas em couro e um tapete persa? Pois saiba que essa casa existe, e foi vendida por nada menos que R$ 30 milhões, para um cliente da imobiliária Coelho da Fonseca, dirigida por Fernando Sita. Segundo ele, para a empresa, pedido feito é pedido atendido.

Se para um corretor de imóveis comum encontrar uma casa como essa parece um desafio, para os corretores de luxo, isso é tarefa rotineira. Quem atua nesse segmento, com imóveis que ultrapassam os R$ 3 milhões, desenvolve estratégias específicas para atrair clientes com muito dinheiro – e também muitas exigências. Pode parecer um trabalho árduo, mas a recompensa vale a pena: considerando que o valor de comissão equivale a 6% do valor total do imóvel vendido, uma venda fechada em R$ 30 milhões renderá R$ 1,8 milhão ao corretor.

Ally Murade, renomado advogado tributarista, trabalhou por 30 anos fazendo a defesa de grandes multinacionais do país, e ganhou muito dinheiro com isso, no entanto, foi com a carreira de corretor de imóveis de luxo que ele foi capaz de multiplicar os ganhos.

Hoje a rotina de Murade inclui reuniões frequentes com CEO’s de grandes empresas, diversos eventos sociais e encontros informais com executivos, muitas vezes em seu luxuoso apartamento, avaliado em R$ 10 milhões. Além de seu escritório no ramo tributário, que é um dois maiores do país, ele criou recentemente a Murade Empreendimentos Imobiliários, para suprir à demanda de seu círculo social. Segundo ele, ser corretor de luxo não é para qualquer um, para obter sucesso na carreira é preciso fazer parte desse meio dos “endinheirados” e possuir uma boa reputação. Atualmente o advogado possui uma carteira com 178 imóveis com valores que variam entre R$ 3 milhões e R$ 18 milhões.

Fator interessante é citar que mesmo os corretores de luxo vendem imóveis financiados. De acordo com Murade, essa ideia de que só quem financia é quem não tem dinheiro é ultrapassada, já que 70% de seus compradores emprestam parte do valor se as taxas forem atrativas, mesmo que eles possuam o valor total para pagamento à vista.

Apesar dos valores exorbitantes, investir em um imóvel é sempre um investimento bem feito. De acordo com o CEO da empresa Sotheby’s, Fabio Rossi, o mercado imobiliário é o lugar mais seguro para se investir atualmente.

Já percebeu que a carreira de corretor pode ser extremamente promissora, né? Basta ter foco e determinação no trabalho. Quer se tornar um corretor de luxo? Ou mesmo melhorar as suas técnicas na área? Acompanhe nossas dicas, vídeos e palestras, e encontre o caminho para o sucesso!

Fonte: Isto É Dinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *